Ascensão de um Deus

1001 - Oh! Sério?

Autor: Calebe Piccoli Camargo

“Eu tenho que conversar com algumas pessoas, enquanto isso quero que você continue a recuperar sua força...” Le Chang falou para Shok Balaur e então saiu em direção a Ordem Geral das Guildas.

Não demorou muito para ele chegar lá e já no hall de entrada um dos servos do local o recebeu e encaminhou até uma linda sala.

Em questão de alguns minutos, Hanna Stern, Presidente da Ordem Geral das Guildas, fez sua aparição.

“Oh! Não esperava por sua visita tão cedo...” Disse ela com um sorriso amigável em sua face.

“Bom, eu realmente precisava de algumas informações...” Le Chang deu um gole na xícara de chá que estava a sua frente.

Hanna Stern olhava para ele com um sorriso em sua face, mas ela secretamente o estava analisando.

Ele parecia extremamente calmo e sábio para sua idade.

Ela era uma Deusa, com um poder assombroso, mas ele, em tão tenra idade, se mantinha inabalável diante de sua presença.

Sua beleza era capaz de fazer muitos Deuses poderosos perderem a compostura e seu poder era capaz de fazer muitos outros se encherem de temor.

No entanto, aquele garoto, que nem havia atingido seus quarenta anos de idade, mantinha-se completamente sereno.

No fim, Le Chang tinha suas poderosas, geniais e lindas esposas.

Hanna Stern podia ser bonita e poderosa, mas ela não era nada perto de Wuhan Xie, Lian Mei, Chi Ziyun e Min Jia.

“Quais informações? Se estiverem ao meu alcance eu lhe responderei...” – Hanna Stern.

“O que você sabe sobre os Antigos e as Forças Primordiais?...” – Le Chang.

Hanna Stern surpreendeu-se com essa pergunta.

Ela sabia que ele era o atual Detentor da Energia Dourada, mas apesar de serem Deuses, haviam muitos segredos que ela não sabia.

No geral, os Deuses sabiam basicamente que havia o Fim queria destruir tudo e todos e que a Energia Dourada era a única coisa que poderia rivalizar com o Fim.

O restante da história, a respeito dos aliados da Criadora e também sobre a relação dela com a Energia Dourada eram segredos que apenas aqueles no Ápice do Dao do Eterno Deus eram capazes de saber.

“Hm... Bom, não muito.

Segundo os conhecimentos passados entre as gerações, os Antigos em suma são forças capazes de controlar algumas Leis que regem o Vácuo Eterno, já as Forças Primordiais são Leis conscientes...” – Hanna Stern.

“Hm... Entendi...” – Le Chang.

Apesar de simplificado, ela estava certa.

Antigos são como a Arcana da Dominação, capaz de controlar Três Leis do Vácuo Eterno, o que diferencia a força entre os Antigos é quão complexa são as Leis que eles controlam.

Nem sempre aquele que controla mais Leis é o mais forte, pois, um outro Antigo pode dominar apenas uma Lei que é capaz de sobrepor-se a dezenas de outras.

Já as Forças Primordiais são como se as Leis em si ganhassem consciência própria, no entanto, não necessariamente uma Força Primordial é uma Lei.

O Desespero era uma Força Primordial, mas não havia uma Lei no Vácuo Eterno que se chamava Desespero.

No entanto, havia algo que compunha as bases do Vácuo Eterno, algo chamado Medo.

O medo não era algo único dos seres dentro da Criação, sempre houve o Medo de não mais existir por parte dos Antigos.

O Fim ceifou muitos e quando estavam prestes a morrer, eles sentiram Medo, ou melhor, Desespero.

Forças Primordiais eram mais complexas, carregadas com significados, não eram coisas práticas, mas sim abstratas e por tal motivo eram incomparavelmente mais poderosas que os demais Antigos.

“Se me permite, porque gostaria de saber disso?...” – Hanna Stern.

“Eu sou o Detentor da Energia Dourada, acredito que preciso adquirir o máximo de informações possíveis sobre os meus inimigos...” – Le Chang.

“Inimigos?...” – Hanna Stern.

“O Fim não está sozinho, se ele estivesse, não teria sido capaz de manter-se tanto tempo duelando com a Energia Dourada e a Criadora...” – Le Chang.

Hanna Stern estava pensativa, ela sabia de algumas coisas, mas nada era mais secreto do que a Energia Dourada, o Fim e a Criadora.

Informações sobre estes três seres eram raras e classificadas como segredos de altíssimos níveis.

“Desculpe minha curiosidade, mas você veio para o Reino Divino para adquirir aliados, certo?...” – Hanna Stern.

Le Chang sorriu para ela, surpreendendo-se com tamanha astúcia e inteligência.

“Oh... Porque diz isso?...” – Le Chang.

“Você é forte, tenho certeza que mesmo se eu usasse todas as minhas forças eu não seria capaz nem de arranhar sua pele. Além disso, diferente dos demais, você é capaz de avançar no Dao Divino mesmo estando no Reino Supremo Mortal. Então, sua vinda até aqui, claramente tem outros motivos além de aventurar-se e ficar mais poderoso...” – Hanna Stern.

Le Chang não podia deixar de sorrir animadamente, parecia que Deuses não podiam ser subestimados.

“Além disso, nós sabemos que você precisará de nossa ajuda quando a derradeira luta chegar...” – Hanna Stern.

“Oh! Sério?...” Le Chang riu animadamente.

“O Fim tem aliados dentro da Criação, seus exércitos são colossais e entre os Deuses há muitos que desejam trazer caos e destruição. Se a Ordem do Fim do Reino Supremo Divino, juntar-se ao Exército do Fim do Reino Supremo Mortal, você não será capaz de os enfrentar ao mesmo tempo que lida com o Fim e mais os Antigos e Forças Primordiais que se aliaram a ele.

Para isso você precisará de aliados poderosos, capazes de lidar com Deuses e para isso você precisa de Deuses...” – Hanna Stern.

“Você está meio certa...” – Le Chang.

“É.

Você tem razão, eu preciso de ajuda, na derradeira batalha eu precisarei lidar sozinho com o Fim, se tiver que lutar com mais outras Forças Primordiais e Antigos, eu perderei. No entanto, você se engana quando diz que eu preciso da ajuda dos Deuses.

Eu não preciso da ajuda de vocês, meu objetivo de vir até aqui é encontrar Le Bo e fortalecer meu cultivo o máximo possível...” – Le Chang.

“Mesmo Le Bo sendo poderosa, ela não é capaz de lidar com Forças Primordiais...” – Hanna Stern.

Poderia parecer que Hanna estava sendo orgulhosa e até mesmo desrespeitosa, mas ela estava conversando com Le Chang e dizendo o que realmente pensava, pois, estava tentando o ajudar.

O que Hanna Stern estava dizendo era que se ela percebeu suas intenções, outros Deuses perceberiam igualmente.

“Eu não disse que vim em busca de Le Bo para cuidar das Forças Primordiais...” – Le Chang.

Ela fez uma cara de perdida, estava na cara que ela não estava entendendo mais nada.

“Seita Dragão...” – Le Chang.

“Hm?... Não lembro de ter ouvido falar de uma Seita com esse nome...” – Hanna Stern.

“É uma Seita do Reino Supremo Mortal, fundada por cinco pessoas...” – Le Chang.

“Quem?...” – Hanna.

“Minhas quatro esposas e minha mãe. São elas que lidarão com as Forças Primordiais e os Antigos. O restante da minha Seita cuidará do Exército do Fim do Reino Supremo Mortal, já Le Bo cuidará dos Deuses...” Os olhos de Le Chang liberaram um brilho dourado por alguns instantes e a sala inteira pareceu tremer.

Hanna olhou para ela com curiosidade.

Não era que ela duvidava das palavras do jovem, mas era irreal pensar que seres mortais seriam capazes de rivalizar contra Forças Primordiais e Antigos.

Apenas alguém com o poder igual a de tais seres seria capaz de tal façanha e, dentro da Criação, a única pessoa que teria a chance de atingir tal patamar de poder seria o Detentor da Energia Dourada.

No entanto, ela não sabia porquê, mas ao ver os olhos de Le Chang, uma certeza nascia em seu coração de que suas palavras não eram em vão.

Sua fé em suas esposas e em sua mãe era inabalável ao ponto de que ele acreditava fielmente que elas seriam capazes de subjugar as forças mais poderosas de todo o Vácuo Eterno.

Se isso fosse verdade, Hanna perguntava-se: “Quem são essas pessoas?...”




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.